Sobre o Consumo e a Produção Sustentáveis


Acreditamos que a sustentabilidade é um processo que não pode ser desenvolvido sem a participação das empresas e dos consumidores de todo o mundo.

Por isso o tema do Consumo e Produção Sustentáveis é crucial para equilibrar o desenvolvimento econômico com o humano e com a resiliência do planeta.

Para divulgarmos uma definição sobre Consumo e Produção Sustentáveis, envolvendo seus desafios, buscamos ajuda em documentos publicados pela ONU – Organizações das Nações Unidas, que possui um trabalho amplo e embasado para este tema.

Definições de Consumo e Produção Sustentáveis (Sustainable Consumption & Production - SCP):
(Fonte: Consumption and Production: A Handbook for Policymakers UNEP, 2015)

https://sustainabledevelopment.un.org/content/documents/1951Sustainable%20Consumption.pdf

SCP 1: uso de serviços e produtos relacionados que respondem às necessidades básicas e trazem uma melhor qualidade de vida, minimizando o uso de recursos naturais e materiais tóxicos, bem como a emissão de resíduos e poluentes ao longo do ciclo de vida do serviço ou produto para não prejudicar as necessidades das gerações futuras (ISSD 1994).

SCP 2: abordagem holística para minimizar os impactos ambientais negativos dos sistemas de consumo e produção, promovendo a qualidade de vida para todos" (UNEP 2011).

Outras definições para SCP existem, mas independentemente de qual deseja utilizar, alguns princípios são fundamentais

1. Melhorar a qualidade de vida sem aumentar a degradação ambiental e sem comprometer as necessidades de recursos das gerações futuras.
2. Desacoplar o crescimento econômico da degradação ambiental por:
• Reduzir a intensidade de material / energia das atividades econômicas atuais e reduzir as emissões e os resíduos da extração, produção, consumo e disposição.
• Promover uma mudança dos padrões de consumo para grupos de bens e serviços com menor energia e intensidade material, sem comprometer a qualidade de vida.
3. Aplicar o pensamento do ciclo de vida que considera os impactos de todas as fases do ciclo de vida do processo de produção e consumo.
4. Proteger contra o efeito “rebote”, onde os ganhos de eficiência são cancelados pelo aumento resultante do consumo (UNEP 2011).

Estes princípios se relacionam e devem considerar outros tópicos do desenvolvimento sustentável, como Economia e Crescimento Verde, Eco-eficiência (eficiência do uso de recursos), o ciclo de vida completo de bens e serviços, a cadeia de valor, produção mais limpa, design sustentável, informação e rotulagem, comunicação e marketing.


  • Facebook
  • Facebook